Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca da Escola Secundária Quinta das Palmeiras

PRÉMIO CAMÕES 2019

PARABÉNS CHICO BUARQUE!!

 

O PRÉMIO CAMÕES representa a máxima distinção literária em língua portuguesa. Na edição deste ano, 31ª, foi atribuído a CHICO BUARQUE, ícone da música popular brasileira que se destaca também pela poesia presente nas suas canções.

Sublinhamos ainda o facto de ser autor de diversos romances entre os quais “Budapeste” e “Leite Derramado”, que receberam o PRÉMIO JABUTI, Livro do Ano, em 2004 e 2009, respetivamente.

Chico Buarque.jpg

Em jeito de homenagem, aqui deixamos um exemplo da sua criatividade literária:

 

João e Maria

 

Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava o rock para as matinês

 

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz
E você era a princesa que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país

 

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Sim, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade acho que a gente nem tinha nascido

 

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim?

 

                                                                                          Chico Buarque