Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca da Escola Secundária Quinta das Palmeiras

Concurso de Fotografia

No âmbito do Projeto D.A.C. (Domínio de Articulação Curricular) desenvolvido pelos grupos disciplinares de Ciências Naturais e Físico Química nas turmas do 8º ano, foi realizada uma visita de estudo ao Parque Biológico de Gaia, Centro Permanente de Educação Ambiental do país, que dá a conhecer os ecossistemas da região.

Neste parque, onde vivem em estado selvagem centenas de espécies de animais e plantas, os nossos alunos foram desafiados a tirar fotografias a paisagens, fauna e flora…

O resultado não podia ter sido melhor!!

IMG_5933.JPG

As fotografias selecionadas  para a exposição falam por si!!

Vota na tua preferida, na BE, até dia 31 de maio!!

 

Já temos Vencedores…

Após uma votação muito participada e  muito renhida, a fotografia que obteve o maior número de votos foi a número 2.

Concurso Fotografia.jpg

Parabéns às alunas Bruna Sofia, Catarina Pereira e Cláudia Geraldes, do  8º A, que captaram estas imagens.

A entrega dos prémios terá lugar no dia 14 de junho, às 11h45, na BE.

Parabéns a todos os alunos  que participaram neste concurso.

Portugal está de luto

Agustina Bessa-Luís deixou-nos aos 96 anos

Agustina Bessa-Luís.jpg

Maria Agustina Ferreira Teixeira Bessa-Luís nasceu em Vila Meã, Amarante, a 15 de outubro de 1922. Desde criança que se manifestou o seu gosto por escrever histórias e pela leitura, começando pelos livros da biblioteca do avô materno, através dos quais teve contacto com algumas das melhores obras da literatura francesa e inglesa. 

Estreou-se como romancista em 1948, com a novela Mundo Fechado. Entre 1951 e 1953 escreveu Contos Impopulares, mas foi em 1954, com o romance A Sibila, se impôs como uma das vozes mais importantes da ficção portuguesa contemporânea. Seguiram-se obras populares como A Muralha (1957), O Manto (1961), O Sermão do Fogo (1962), As Pessoas Felizes (1975), As Fúrias (1977), Os Menino de Ouro (1983), Prazer e Glória (1988), Vale Abrãao (1991), a triologia O Princípio da Incerteza (2001, 2002 e 2003) ou A Ronda da Noite (2006). Em 2018, foi editado um romance inédito, escrito em 1942, Deuses de Barro.

Algumas das suas obras foram adaptadas ao cinema nomeadamente com Manoel de Oliveira com colaborou com assiduidade, escrevendo os diálogos de guiões, ou acompanhando a adaptação de romances seus ao cinema.

Agustina Bessa-Luís foi distinguida com vários prémios, entre os quais se destacam os seguintes: o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores (APE), em 2002; o prémio Vergílio Ferreira 2004, atribuído pela Universidade de Évora, pela sua carreira como ficcionista; o Prémio Camões, o mais alto galardão das letras em português, em 2004.

À Conversa com a poetisa Vera Roque

Vera Roque (1).jpg

No âmbito do Projeto “Aqui há poesia”, dinamizado na turma C, do 7º ano, pela docente de Português, profª Maria Ascensão Tomé e pela equipa da BE, tivemos o prazer de ter na nossa escola a poetisa Vera Roque, autora dos livros Palavras nunca ditas e O Mistério da Serra da Gardunha.

IMG_5949.JPG

IMG_5953.JPG

Palavras nunca ditas foi a obra que a escritora trouxe aos nossos alunos.

A partir da leitura de alguns poemas lidos pela autora e por alunos, a autora   partilhou a sua  descoberta e  paixão pela poesia.

IMG_5959.JPGIMG_5963.JPG

Durante toda a sessão, a escritora conseguiu cativar os alunos para a importância da poesia.

IMG_5964.JPG

No final, alunos e professores tiveram  oportunidade de adquirir  a obra Palavras nunca ditas, devidamente autografada.

IMG_5968.JPG

PRÉMIO CAMÕES 2019

PARABÉNS CHICO BUARQUE!!

 

O PRÉMIO CAMÕES representa a máxima distinção literária em língua portuguesa. Na edição deste ano, 31ª, foi atribuído a CHICO BUARQUE, ícone da música popular brasileira que se destaca também pela poesia presente nas suas canções.

Sublinhamos ainda o facto de ser autor de diversos romances entre os quais “Budapeste” e “Leite Derramado”, que receberam o PRÉMIO JABUTI, Livro do Ano, em 2004 e 2009, respetivamente.

Chico Buarque.jpg

Em jeito de homenagem, aqui deixamos um exemplo da sua criatividade literária:

 

João e Maria

 

Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava o rock para as matinês

 

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz
E você era a princesa que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país

 

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Sim, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade acho que a gente nem tinha nascido

 

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim?

 

                                                                                          Chico Buarque

 

Jovens Detetives Ambientais - Exposição Interpretativa

Poluição.jpg

Está patente, na BE, de 16 a  23 de  de maio, uma exposição sobre o tema Rios e Ribeiros, disponibilizada pela ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, no âmbito do Projeto IZ – Jovens Detetives Ambientais.

IMG_5915.JPG

Nesta exposição é abordada a temática dos ecossistemas ribeirinhos, as espécies que lhes são características, a importância da qualidade da água desses ecossistemas e as espécies bioindicadoras dessa qualidade.

IMG_5917.JPGIMG_5920.JPG

Este projeto pretende incentivar os jovens em idade escolar a adotarem um olhar crítico sobre a realidade ambiental local, conduzindo-os a uma investigação sobre a realidade ambiental de um rio ou ribeira, localizado nas proximidades de casa ou da escola.

IMG_5924.JPGIMG_5925.JPG

IMG_5930.JPGIMG_5928.JPG

Visitem a Biblioteca e venham descobrir a importância da preservação dos recursos naturais.

E foi assim que comemorámos o Dia da Europa!

No período da manhã, a Biblioteca  foi palco de uma brilhante atuação.

Alunos que frequentam o Ensino Artístico executaram o Hino à Alegria, de Beethoven, melodia escolhida para simbolizar a  U.E. e a Europa, num sentido mais lato.

IMG_5870.JPG

IMG_5871.JPG

Também os professores, no primeiro intervalo, foram brindados com este momento musical.

No período da tarde, o Campeonato Geográfico da Europa, que contou com a participação de alunos das turmas A, C e D do sétimo ano, encerrou as atividades do Dia e não podia ter sido mais divertido!

Após diversas rondas eliminatórias, os três primeiros lugares foram conquistados pelos alunos Ana Francisca Velez (7.ºD), José Pêba (7.ºC) e João Rocha (7.ºD).

IMG_5878.JPG

Muitos parabéns aos vencedores e a todos os participantes.

As alunas Maria Clara Macedo e Ana Júlia Leitão participaram nas comemorações do Dia da Europa, promovidas  pela EuroaAce, em Castelo Branco, na Fábrica da Criatividade,  tocando o Hino da Alegria.

59895752_759639604430884_7181840241295097856_o[1].

O nosso aluno João Esteves fez um dos discursos na sessão de abertura, que poderemos visualizar na página do Facebook, em :https://www.facebook.com/diadaeuropaeuroace/

59805433_759514554443389_9107384138628857856_o[1].

Para o ano haverá mais!

13ª edição do Concurso Nacional de Leitura – Fase intermunicipal

Ler+1.jpg

No dia 30 de abril, o João Rocha, do 7ºD, e o Rodrigo Ferreira, do 11ºB, participaram na fase intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura, realizada em Pinhel. Apesar de todo o empenho revelado nas provas realizadas, os nossos alunos não passaram à fase final do Concurso. Ainda assim, estão de Parabéns pelas suas prestações e, sobretudo, por serem bons leitores!

CNL1.jpg

Os alunos participantes enquanto aguardavam os resultados da prova escrita.

CNL2.jpg

Na prova oral houve alguns convidados surpresa, como José Luís Peixoto, autor de O Livro, obra lida pelos alunos do ensino secundário.

CNL3.jpg

A Academia de Música de Pinhel brindou os presentes com uma excelente atuação!

CNL4.jpg

Nesta festa da leitura, os participantes foram surpreendidos com um verdadeiro “banquete”!

CNL5.jpg

Na “cidade falcão”, não podia faltar uma fotografia do grupo com a “atração” da cidade! 

Ler+2.jpg

 

Exposição Itinerante sobre “El Quijote”

El Quijote.jpg

Entre os dias 22 de abril e 6 de maio Cervantes e as personagens da sua obra Dom Quixote visitam a nossa biblioteca. Trata-se de uma exposição de imagens que nos mostram como o autor e as personagens por ele criadas foram sendo utilizadas, ao longo dos séculos, nas diferentes áreas da sociedade, dentro e fora de Espanha. Podemos encontrá-los representados em objetos tão diferentes como notas, selos, baralhos de cartas, cartazes publicitários, pintura, escultura… Deste modo, conseguimos compreender melhor a grandiosidade da sua criação.

IMG_5836.JPG

IMG_5843.JPG

Os alunos podem também assistir a um filme e desafiar-se num kahoot sobre Cervantes e a sua obra.